Absorvedores Dinâmicos

Estruturas de grandes vãos (pontes, arquibancadas, longas escadarias, coberturas de estádios) assim como estruturas altas e esbeltas (chaminés, prédios altos e torres) tendem a ser facilmente excitados a grandes amplitudes de vibração, por exemplo, pela ação do vento ou pela movimentação dos usuários. Devido às suas dimensões, assim como ao seu baixo amortecimento, modos naturais de baixa freqüência são comumente observados neste tipo de estrutura.

Os Absorvedores Dinâmicos GERB, que diferentemente dos amortecedores de massa sintonizada comuns (TMD), são dotados do amortecimento viscoso em grau específico, apresentam a grande vantagem de atuar em uma faixa de freqüências, e não apenas em uma única freqüência. São por isto, muito eficazes tanto em aplicações onde a excitação é bem definida e constante (oriunda de uma máquina, por exemplo) como naquelas em que a excitação é variável e imprevisível, como no caso de vento ou da movimentação do público em um estádio.

Os Amortecedores Dinâmicos consistem em:

  • Molas, pêndulos ou hastes flexíveis

  • Massa inercial oscilante em translação ou rotação

  • Amortecedores Visco® de ação tri-direcional


Os Absorvedores Dinâmicos são sintonizados à estrutura na freqüencia do modo natural que deseja amortecer e posicionados em função da configuração espacial deste modo específico, sendo projetados e construídos para todos os portes de estruturas e para freqüência entre 0,3Hz e 30Hz.

Fig. Amplitude – Resposta em freqüência de um sistema de baixo amortecimento sem (azul) e com Absorvedor Dinâmico (amarelo)


Absorvedores Dinâmicos são utilizados principalmente nas seguintes aplicações:

  • estruturas altas e/ou esbeltas (pontes, chaminés, torres) que tendem a ser excitadas perigosamente pelo vento, em um ou mais de seus modos naturais;


  • escadas, arquibancadas, passarelas sujeitas à ressonância devido a movimentação dos pedestres. Essas vibrações geralmente não são perigosas para a estrutura em si, mas podem tornar-se muito desagradáveis para as pessoas;


  • estruturas metálicas que vibram em uma de suas freqüências naturais pela ação de máquinas, tais como peneiras, centrífugas, ventiladores, etc;


  • conveses de embarcações, excitados em um de seus modos naturais pelos motores principais, equipamentos embarcados ou mesmo pelo ritmo das ondas.

Os Absorvedores Dinâmicos podem já fazer parte do projeto original da estrutura ou podem ser projetados e instalados após sua construção.